Associação de Editoras Universitárias da América Latina e do Caribe
Boletim da EULAC

Ano 2023, Vol. 26, Agosto

«Compartilhando nosso conhecimento com o mundo»
A EULAC está integrada por:
ABEU, Red Nacional Altexto, ASEUC, REDUCH, REUN,
REUP, REUDE, SEDUCA, EU PERÚ, EDUPUC e Ex-Libris.

Tradução espanhol-português: Ramón Cristiano Bonifacio.

Publicar em contextos de confinamento

Florencia García

Editar, publicar textos produzidos por pessoas privadas de liberdade é tornar visíveis vozes não ouvidas, vozes caladas, vozes que querem dizer e que buscam romper os muros para serem ouvidas.

A prática editorial em contextos de confinamento na Argentina tem uma história de vários anos e passa, em sua maioria, por iniciativas que são produzidas a partir de experiências no ambiente universitário.

Enlaçadas pela história

O projeto Enlaçadas divulga e torna visíveis conteúdos acadêmicos regionais com o objetivo de promover a capacidade crítica e transformadora de nossas sociedades. Este ano, através de seu catálogo e mesas de diálogo, busca reconhecer a riqueza da pesquisa histórica ibero-americana.
* Para obter mais informações, escreva para secretaria@eulac.org

Recomendações editoriais

Quebrar tipos

A Biopolítica da Beleza

Critérios do Superior Tribunal de Justiça de Córdoba

Breve dicionário das literaturas africanas

Catálogo de direitos 2023

O Catálogo de Direitos das Editoras Universitárias Latino-Americanas estende seu prazo até 22 de agosto. Faça parte desse grande esforço coletivo que busca promover a publicação de nossos livros em outros territórios e em outros idiomas.

Agenda

Feria Internacional del Libro de Costa Rica

26 de agosto a 3 de setembro

Feria Internacional del Libro de las Universitarias y los Universitarios, FILUNI

29 de agosto a 3 de setembro

Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro

1 a 10 de setembro

Rede de Editoras de Universidades Privadas

María Graciela Mancini
A Rede de Editoras de Universidades Privadas (REUP) é uma das duas redes que agrupam as editoras universitárias da Argentina. A característica distintiva da REUP sempre foi conjugar o verbo avançar, nunca parámos e os frutos desse percurso são concretos e mensuráveis:

Chamuyo

Argentina

Descreve um costume argentino de falar com a máxima confiança sobre um assunto sobre o qual não se tem a menor ideia. É especialmente usado para convencer, vender ou demonstrar maravilhas sobre uma pessoa, produto ou serviço, muito além de suas possibilidades reais.

Chamuyo é usado para se referir à arte de seduzir o sexo oposto por meio de doces, promessas, proezas inventadas, humor inesperado ou, simplesmente, cansaço. Os argentinos se vangloriam desse significado de chamuyar a mina; mas é justo dizer que, no fundo, eles mesmos estão chamuyando.

Compartir este contenido
Facebook
X
LinkedIn
WhatsApp
Email