Associação de Editoras Universitárias da América Latina e do Caribe
Boletim da EULAC

Ano 2023, Vol. 22, Abril

«Compartilhando nosso conhecimento com o mundo»
A EULAC está integrada por:
ABEU, Red Nacional Altexto, ASEUC, REDUCH, REUN,
REUP, REUDE, SEDUCA, EU PERÚ, EDUPUC e Ex-Libris.

Tradução espanhol-português: Ramón Cristiano Bonifacio.

Acesso aberto: ainda há muito o que discutir

M.Sc. Federico Arce Jiménez
Portanto, ao contrário do que tem sido apontado em alguns espaços, o modelo de acesso aberto é compatível com os direitos autorais, com a revisão por pares, impressão, preservação e todas aquelas características e serviços associados com a comunicação científica e acadêmica. Este cenário veio alterar profundamente o trabalho das editoras em geral e das editoras universitárias/académicas em particular.

Recomendações editoriais

20 anos de livros e milagres

Antologia Eco literária Latino-Americana

De Griots e epistemologias das (re)existências

Linha Vermelha: A Guerra da Ucrânia e as Relações Internacionais no século XXI

Cartografia da edição acadêmica ibero-americana

A cartografia da edição acadêmica ibero-americana nasce com a intenção de preencher a lacuna de informação que existe na região sobre a produção de livros acadêmicos. Em seus primeiros resultados, este estudo mostra que os 6 países com maior produção editorial da região são Brasil, Espanha, México, Argentina, Colômbia e Chile, que juntos representam 91,45% de toda a produção acadêmica.

Explore as últimas atualizações da cartografia neste mapa interativo em espanhol:

Descubra aqui a participação por país na publicação de livros académicos:

Conheça todas as publicações em espanhol relacionadas com este tema:

Agenda

Feria Internacional del Libro de Bogotá

18 de abril a 2 de maio

Feria Internacional del Libro de Buenos Aires

27 de abril a 15 de maio

5° Seminário Brasileiro de Edição Universitária e Acadêmica e 35° Reunião Anual da ABEU

8 a 11 de maio

Convocatória

A Direção Geral de Publicações e Fomento Editorial da UNAM tem o prazer de convidar os editores universitários da Ibero-América a enviarem suas candidaturas ao Reconhecimento “Rubén Bonifaz Nuño” para a Trajetória Editorial Universitária 2023.

Este prêmio será atribuído no âmbito da Feria Internacional del Libro de las Universitarias y los Universitarios (Filuni), em México, a pessoas que tenham um percurso excepcional na edição universitária.

As propostas serão recebidas até 17 de maio de 2023.

Aguaje

República Dominicana

O aguaje se manifesta quando uma pessoa exagera seus conhecimentos e habilidades. Assemelha-se ao forte barulho de um rio que arrasta pedaços de madeira e outros materiais, e que quando a corrente é libertada das causas do barulho, o barulho desaparece. Isso indica que o rio fez mais barulho do que pode fazer com sua própria força. De aguaje derivam o verbo aguajear e o adjetivo aguajero. O aguajero sabe que metade do processo é o aguaje, por isso age teatralmente, independentemente de ser chamado de fantasioso ou jactancioso. Aguajear é semelhante a allantar (exagerar). O Aguaje é exagero e movimento.

Assinar o boletim

Para receber a boletim diretamente em sua caixa de entrada, por favor, preencha este formulário.

Compartir este contenido
Facebook
X
LinkedIn
WhatsApp
Email