Previous
Next
País: Argentina
Red: REUP
ISBN: 9789873928406
Año: 2021
Páginas: 606 pp.
Temática: Indústria do vinho

Entre Vinhos Entre Ríos

170 anos de história. 1850-2020

Susana T.P. de Domínguez Soler

Editorial: Editorial Universidad de Concepción del Uruguay
País: Argentina
Red: REUP
Año: 2021
Páginas: 606 pp.
Temática: Indústria do vinho

Este livro tem como objetivo demonstrar a diversidade vitivinícola da província de Entre Rios, República Argentina, por meio de um tour por suas regiões, com o intuito de transmitir a paixão que a vitinicultura despertou nos imigrantes provenientes de diversos países europeus na segunda metade do século XIX.

Foi assim que nasceu o vinho entrerriano degustado em família, com as cepas dos seus locais de origem, de heranças italianas, francesas, suíças, espanholas e alemãs.

Entre Ríos foi o quarto produtor de vinho do país, entre 1907 e 1920, quando a produção de videiras diminuiu devido ao ataque devastador da lagosta. Chegada a década de 1930 e com ela a crise mundial, a economia do nosso país foi seriamente afetada. A produção nacional de vinho superou a demanda.

A Lei nº 12.355 do ano de 1936 estabeleceu cotas de extirpação para Mendoza, San Juan, Rio Negro e também ao resto das províncias. Em Entre Rios, mais de 5% das videiras plantadas foram removidas arbitrariamente. A medida afetou os pequenos produtores, que resistiram ao poder da polícia, quando viram vinhedos e tonéis extirpados.

Em 1991, a Lei nº 24.307 ordenou a liberação da produção, comercialização e todos os tipos de cotas e bloqueios no país. Por esta razão, foi liberado o plantio, replantio e modificação de vinhedos no território da Nação, assim como a colheita da uva e sua destinação para a indústria. Foi o retorno dos vinhedos e adegas a Entre Rios.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
  • ¡Únete a la comunidad de editoriales universitarias más grande de América Latina y El Caribe!

    Un espacio para crear alianzas, promover el conocimiento y alcanzar nuevas audiencias.