Previous
Next
País: Ecuador
Red: REUDE
ISBN: 9789978675458
Año: 2020
Páginas: 298 pp.
Idioma: Espanhol
Temática: Ciências Sociais

Habitar as redes

As controvérsias sobre a privacidade no Facebook

María Belén Albornoz

Editorial: FLACSO Ecuador
País: Ecuador
Red: REUDE
Año: 2020
Páginas: 298 pp.
Idioma: Espanhol
Temática: Ciências Sociais

Depois que soubemos que a Cambridge Analytica e o Facebook usaram algoritmos para influenciar nas campanhas eleitorais, a relação entre política, privacidade e tecnologia ficou exposta. Agora não há nenhuma dúvida de que se pode quantificar os comportamentos sociais, conhecer os estilos de vida das pessoas e identificar grupos de eleitores que podem ser influenciados através do Facebook.

Mas não sabíamos de tudo isso quando o Facebook apareceu, quando a era pós-verdade ainda não havia chegado e nem se considerava um direito humano à propriedade e ao controle de dados. No entanto, Belén Albornoz, a autora deste livro, demonstra que o Facebook é parte da origem das tecnologias invasivas e um primeiro momento no qual a cidadania começou a perceber que a sua privacidade está em risco. A partir de uma

abordagem sociotécnica, ela explica como os artefatos e os códigos informáticos coproduzem a privacidade nas redes sociais. Ela se detém no artefato tecnológico do Facebook para mostrar seu impacto na mudança das normas sociais. É assim como esses artefatos se tornam parte constitutiva das relações sociais, culturais, econômicas e políticas, ao mesmo tempo que essas relações se materializam em outros artefatos e sistemas tecnológicos.

Este livro, no qual a tecnologia é um dos atores na construção da privacidade, nos permite compreender desde quando os algoritmos começaram a moldar as nossas vidas.

Compartir en facebook
Facebook
Compartir en twitter
Twitter
Compartir en linkedin
LinkedIn
Compartir en whatsapp
WhatsApp
Compartir en email
Email
  • ¡Únete a la comunidad de editoriales universitarias más grande de América Latina y El Caribe!

    Un espacio para crear alianzas, promover el conocimiento y alcanzar nuevas audiencias.