Associação de Editoras Universitárias da América Latina e do Caribe
Boletim da EULAC

Ano 2023, Vol. 25, Julho

«Compartilhando nosso conhecimento com o mundo»
A EULAC está integrada por:
ABEU, Red Nacional Altexto, ASEUC, REDUCH, REUN,
REUP, REUDE, SEDUCA, EU PERÚ, EDUPUC e Ex-Libris.

Tradução espanhol-português: Ramón Cristiano Bonifacio.

Edição de livros acadêmicos: um universo de técnica, empenho e afeto

Gabriella Noronha
Livros acadêmicos são, por excelência, principalmente para as humanidades, a forma de levar ao público os resultados das pesquisas e o conhecimento acumulado em determinada área de maneira atrativa, compreensível e enriquecida. Ao contrário dos trabalhos acadêmicos, a função não é defensiva, mas sim atrativa, elucidativa e dialógica.

Catálogo de direitos das editoras universitárias latino-americanas

EULAC convida todas as editoras acadêmicas e universitárias brasileiras a fazer parte da atualização do Catálogo de venda de direitos, una ferramenta para promover a internacionalização de nossas publicações mediante a sua tradução para outros idiomas e a consolidação de coedições.

Recomendações editoriais

Paulo Freire, a cultura e a educação

Política econômica na Argentina

O leitor científico

Tópicos em Virologia

Já ultrapassamos as 50 mil referências e vamos para mais!

Ulibros é a plataforma que abriga o catálogo de obras acadêmicas e universitárias da América Latina. Atualmente contamos com a participação de 370 editoras universitárias de 13 países e neste mês ultrapassamos 50.000 referências.

Esta é uma grande conquista coletiva fruto do empenho de todas as editoras participantes para que este projeto se torne a plataforma de referência obrigatória para a produção editorial universitária da região.

Conheça-a!

* Caso sua editora tenha interesse em fazer parte desta plataforma, escreva para secretaria@eulac.org

Agenda

Feria del Libro de Lima

21 de julho a 6 de agosto

Encontro de Editores, Livreiros, Distribuidores e Gráficos

2 a 4 de agosto

Feria Internacional del Libro de las Universitarias y los Universitarios, FILUNI

29 de agosto al 3 de septiembre

O diverso e a soma: a Rede Nacional Altexto

Como editoras universitárias, sem dúvida, temos em comum o compromisso com a pesquisa e a cultura gestada em nossas instituições, assim como em outorgar unidade a essas singularidades, através de coleções e um catálogo que integre, que tenha uma direção para mostrar, algo para dizer.

Malemolência

Brasil

A palavra é um feixe de ambivalência. Relacionase com o movimento das ancas em danças de origem africana transladadas para o Brasil durante o período colonial. A partir dessa base, temos a transposição do sentido para outros domínios: a flexibilidade física é imagem visual da transiência moral, seja nos atos de esperteza, seja na inação da preguiça. Posteriormente, essa ambivalência moral é tomada como uma tradução da imagem do brasileiro: por um lado o sujeito que improvisa, que possui uma inteligência que encurta caminhos; de outro, define o comodismo a tendência nacional a não enfrentar conflitos.

Assinar o boletim

Para receber a boletim diretamente em sua caixa de entrada, por favor, preencha este formulário.

Créditos fotográficos:
Lysander Yuen, Eric Rothermel, Li ZHang e Chang Duong,
publicadas en Unsplash.

Compartir este contenido
Facebook
X
LinkedIn
WhatsApp
Email