Asociación de Editoriales Universitarias de América Latina y el Caribe

Previous
Next
Associação de Editoras Universitárias da América Latina e do Caribe
Boletim da EULAC

Anno 2022, Vol.15, Junho

«Compartilhando nosso conhecimento com o mundo»
A EULAC está integrada por:
ABEU, Red Nacional Altexto, ASEUC, REDUCH, REUN,
REUP, REUDE, SEDUCA, EU PERÚ y EDUPUC.

Repositórios institucionais e acesso aberto

Fernando Rodríguez Chuchón
Claudia Cifuentes Roca
Os conceitos de repositórios institucionais e de acesso aberto estão profundamente ligados desde o seu início, pois os repositórios digitais institucionais “favorecem a comunicação pública, aumentando assim a visibilidade e divulgação dos trabalhos armazenados” e, especialmente, no contexto acadêmico, são plataformas digitais valiosas para a gestão, divulgação e preservação da produção científica de uma instituição, que os converte em elementos estratégicos para atingir os objetivos do acesso aberto.

Recomendações editoriais

Feminismos, memória e resistência na América Latina

COVID-19 e seu impacto na política transnacional

Marcos da reforma macroeconômica no Peru 1990-2020

Rituais da percepção

Faça parte do Catálogo de Direitos das Editoras das Universidades Latino-Americanas 2022!

Pelo quinto ano consecutivo a EULAC convida todas as editoras acadêmicas e universitárias da América Latina e do Caribe a fazer parte da atualização do Catálogo de direitos das editoras universitárias da América Latina, nessa ocasião sobre o tema Direitos humanos.

Agenda

Feria del Libro de Madrid

27 de maio a 12 de junho

Bienal do Livro de São Paulo

2 a 10 de julho

Feria del Libro de Lima

22 de julho a 7 de agosto

FILUNI

30 de agosto a 4 de setembro

Repositórios digitais institucionais

Sabine Lumbreras
Por que ainda observamos que alguns autores não estão muito interessados ​​em ter sua produção científica ou intelectual incluída em um repositório institucional? Como convencê-los de que o repositório institucional pode ser um veículo eficaz para visibilizar sua produção científica e intelectual?
Informe-se aqui sobre os repositórios institucionais de acesso aberto das universidades peruanas.
Informamos aos nossos leitores que o artigo da autora Carla Craice, que apareceu originalmente no Boletim EULAC número 13 do mês de abril de 2022, foi revisto e ampliado, a nova versão pode ser consultada no seguinte link:

Chiripero

República Dominicana

Este é o nome dado aos trabalhadores informais que vendem vários artigos e alimentos, tais como doces, fruta e outros nas ruas. Este é também o nome dado àqueles que deixam as suas casas em busca de uma “chiripa”, ou seja, qualquer trabalho que possam encontrar e pelo qual possam receber algum dinheiro. Mesmo quando os profissionais fazem pequenos trabalhos pontuais, diz-se frequentemente que encontraram um “chiripa”. Estes trabalhos caracterizam-se pelo facto de serem ocasionais, transitórios e mal pagos.
Compartir este contenido
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
  • ¡Únete a la comunidad de editoriales universitarias más grande de América Latina y El Caribe!

    Un espacio para crear alianzas, promover el conocimiento y alcanzar nuevas audiencias.