Previous
Next

A importância da comunicação em rede das editoras latino-americanas

Francisco Javier Vargas Franco
Comitê de Comunicação EULAC

A comunicação entre os seres humanos sempre foi de extrema importância, com ela se conseguiu o progresso e o desenvolvimento da espécie humana, por isso desempenha um papel fundamental no crescimento dos projetos em nosso planeta. A comunicação também representa grandes desafios e se caracteriza por expor pontos de melhoria. Não é segredo que na América Latina a comunicação representa um “problema estrutural”, como afirma o Dr. Gonzalo Córdova, especialista em problemas de comunicação coletiva; especificamente em nosso continente, apresentamos problemas de comunicação centrados na pouca participação coletiva e trabalho em equipe, que traz como consequência o pouco desenvolvimento, e esforços isolados e desfocados em um objetivo geral, além de uma desorganização em qualquer natureza de sociedade.

O mundo editorial não é exceção, há muito tempo editoras privadas e universitárias sofrem os estragos de não desempenhar uma comunicação correta entre seus pares, e os resultados são evidentes, com edições não padronizadas, normas e regulamentos não claros, além de um desarticulação de esforços que não levam a lugar nenhum, o que também se reflete em orçamentos baixos ou na redução dos mesmos por parte dos órgãos governamentais, e que acabam afetando as editoras privadas, mas ainda mais as universitárias. Outro ponto muito importante na atualidade são os metadados que, sem dúvida, por falta de comunicação, não há padronização das informações, o que gera duplo trabalho e esforços que são descartados nas editoras, o que resulta em pouca visibilidade nas novas tecnologias de pesquisa e resulta em pouca movimentação do material editorial.

Por todo o exposto, a Associação de Editoras Universitárias da América Latina e do Caribe (EULAC) tem trabalhado para melhorar a comunicação em rede entre as editoras universitárias que compõem esta grande comunidade. É fundamental lembrar que a EULAC é uma associação que reúne as redes de editores universitários dos diferentes países da América Latina e do Caribe, hoje formada por 20 países, e que segue seus objetivos que estão focados na comunicação através do fomento e da promoção do pensamento acadêmico, através da visibilidade e circulação da produção editorial; bem como a profissionalização de todos os envolvidos neste setor editorial.

A EULAC tem se esforçado para enriquecer a comunicação entre as editoras universitárias através de trabalhos centrados na sugestão, proposição, motivação e divulgação de sistemas de informação compatíveis, mediante a criação de bases de dados, cartas informativas, catálogos comuns, listas de troca ou intercâmbio, bem como na definição de critérios comuns (padronização) para aprimorar suas edições e estratégias a fim de otimizar a distribuição de suas publicações. Também se comprometeu a promover, apoiar e desenvolver programas de formação de recursos humanos do sector para o aperfeiçoamento das editoras universitárias, estimulando a sua modernização técnica e administrativa, tem apoiado coedições e coproduções entre editoras universitárias associadas com o objetivo de reduzir custos e melhorar os sistemas de distribuição e, claro, promover uma comunicação concreta que tem permitido uma padronização nos processos de edição e captura de metadados; Do mesmo modo, tem-se promovido o estímulo à formação de associações nacionais de editoras universitárias, contribuindo para o estabelecimento de relações editoriais entre elas.

A EULAC, preocupada em ter uma aproximação maior que permita uma melhor comunicação com as editoras universitárias de nosso continente, decidiu criar o Comitê de Comunicação que nasceu em 6 de agosto de 2020, com o objetivo de construir um plano de ação conjunto e coletivo para contribuir com a divulgação e promoção das publicações acadêmicas e universitárias ibero-americanas, ampliar o público leitor e promover as livrarias universitárias, promovendo a exposição e venda de uma oferta latino-americana mais ampla.

O objetivo do Comitê de Comunicação é claro, de melhorar a comunicação entre as redes editoriais que compõem a EULAC, e para isso, este comitê se reúne constantemente para traçar o caminho que aproxima os editores universitários de uma melhor e maior visibilidade dos produtos editoriais acadêmicos.

Como resultado dessas reuniões, foi decidido convidar editoras universitárias a participarem de um boletim mensal, no qual possam divulgar seus trabalhos editoriais recentes com o tema estipulado pela comissão, além de facilitar a criação de catálogos especializados sobre os diversos temas. Hoje existe um catálogo com mais de 500 títulos recentes sobre o tema “gênero”, divulgado para cerca de 20 países que já trabalharam com esse conteúdo. E se isso não bastasse, a EULAC conta com o mega catálogo ibero-americano com mais de 30 mil referências.

A Comissão de Comunicação em 2021 continuará trabalhando em diversos projetos que permitam uma melhor comunicação e fortalecimento das editoras universitárias para cumprir os objetivos traçados pela EULAC.

¡Únete a la comunidad de editoriales universitarias más grande de América Latine y El Caribe!

Un espacio para crear alianzas, promover el conocimiento y alcanzar nuevas audiencias.

shares